perda de gordura
como perder peso

Quando começamos a fazer exercícios o nosso corpo inicia um processo para se ajustar aos novos estímulos que estamos dando a ele com os exercícios físicos, ele começa a ajustar os hormônios, sistemas de metabolização de nutrientes, sistema cardíaco e respiratório, entre outros ajustes, tudo isso contribui muito para a sua saúde, já que um corpo em movimento é muito mais eficiente que um organismo sem atividade física.

O sistema endócrino fica bem mais funcional e de acordo com as atividades que você esteja praticando, plano de treino e alimentação pode ficar muito eficientes, principalmente para metabolizarmos mais gordura, utilizando este substrato energético nos treinos que realizamos de maneira muito eficaz.

É importante ter parâmetros de como você está, de como você iniciou o seu programa de exercícios e sua reeducação alimentar, através de um avaliação de composição corporal conseguimos identificar o índice de gordura corporal e de massa magra de todo o seu organismo. Assim, podemos controlar o progresso do plano de treinos, por isso é tão importante a avaliação física realizada pelo profissional de Educação Física.

Se você começou seus treinos de musculação, mas seu peso na balança não caiu, você deve observar se está consumindo mais calorias do que gastando, ou você pode estar ganhando massa muscular, e com isso trocando a massa de gordura por músculos. Nas reavaliações durante o planejamento dos seus treinos conseguimos observar o que está acontecendo.

Abaixo estão algumas dicas que irão te ajudar a identificar o que é músculo ou gordura:

1- Faça uma avaliação de composição corporal: o profissional irá analisar índices importantes como percentual de gordura corpórea, massa muscular, água e ossos. Existem muitos testas, mas os mais utilizados são a adipometria e a bioimpedância.

2- Observe se suas roupas estão caindo melhor, se ficam melhor quando olha no espelho, quando realizamos um treinamento muscular percebemos que nossas roupas caem bem melhor, aquela calça que ficava justa na barriga, agora está mais folgada na cintura. Justifica-se aí a redução de circunferência, e a manutenção ou ganho de peso;

3- Não prenda-se à balança: para quem realiza atividades físicas, especialmente com foco na hipertrofia, o ideal é não se prender aos resultados apresentados na balança, pois ao final de um treino ou no decorrer dos ciclos, é mais do que normal que o peso suba. Para quem visa o emagrecimento, é melhor trocar a balança pela fita métrica e pelo adipômetro, pois perder medidas é mais significativo esteticamente e reduzir o percentual de gordura é o mais indicado em termos de saúde. Vale lembrar que o treino ou dieta devem estar adequados aos seus objetivos;

4- Faça reavaliações a cada 2 meses: converse com o seu treinador e controle sempre os resultados do seu treino, assim a motivação para continuar o treinamento será maior, pois você saberá que está obtendo resultados.

O aumento da massa muscular provoca um aumento do metabolismo, e com isso uma perda de gordura corporal. Por isso, é de extrema importância os exercícios musculares em programas de exercícios que tenham como objetivo a perda de peso (gordura). O músculo precisa de calorias para sobreviver e isso faz com que metabolizemos as gorduras que estão acumuladas no corpo.

A união de um treinamento regular e de uma boa alimentação fará com que seus músculos comecem a aumentar. Já percebemos com um mês de treino, mas resultados mais expressivos demoram três meses.

 

DEIXAR UMA RESPOSTA